The STI control inlandof amazon

manacapuru experience

Authors

  • Enrique G. Garcia
  • Adele S. Benzaken
  • Valderiza L. Pedrosa
  • José Carlos G. Sardinas
  • Osminda Loblein

Keywords:

STI, Evaluation of intervention

Abstract

Motivado pela idéia de incremento do turismo ecológico, que começava a representar uma fonte alternativa de recursos para a economia local, como autoridades municipais decidiram, em descrita do ano 1997, fortalecimento do programa Municipal de Controle das DST, como uma maneira de buscar um turismo maissaudável . Com a assessoria técnica e supervisão dos profissionais do setor de DST da Fundação Alfredo da Matta se introduziu um conjunto de ações depromoção, prevenção e melhora na qualidade da atenção de casos de DST. Foi realizada capacitação em Manejo Sindromico aos profissionais de atenção em todos os Centros de Saúde, o que aumenta a acessibilidade da população, foram adquiridos medicamentos eficazes, recomendado pelo Programa Nacional de Controle de DST/Aids do Brasil e se implantado um Sistema de Vigilância Epidemiológica. Foram utilizados técnicas de educação “pares” para o trabalho com grupos vulneráveis ​​(profissionais do sexo e homens que fazem sexo com homens-HSH) e novos procedimentos demarketing de preservativos. Também foi dessenvolvido um programa educativo com apoio intersetorial (principalemente da Secretaria de Educação) dirigido aos outros grupos vulneráveis ​​assim como, realização de estudos especiais em diferentes subpopulações. Em apenas 3 anos de execução do novo programa (1998 - 2000) foi observado um impacto positivo na situação das DST, ao ser alcançada a eliminaçãoda sífilis congênita e a redução do risco de infecção para as cinco principais sindromes de DST (Úlcera genital sem Vesículas, Corrimento uretral emhomens, corrimento cervical, corrimento vaginal e dor pélvica).

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Enrique G. Garcia

Prof. Dr. Departamentos Medicina Interna e Saúde Pública Faculdade Medicina Calixto García, Universidad de La Habana, Cuba. Médico, Epidemiólogo,Consultor FUAM y SEMSA Manacapuru.

Adele S. Benzaken

Médica, Ginecologista, Gerente do Setor de DST FUAM.

Valderiza L. Pedrosa

Assistente Social Gerente Epidemiologia FUAM.

José Carlos G. Sardinas

Médico, Dermatologista. Diretor Ensino, Pesquisa e Assistência da FUAM.

Osminda Loblein

Médico Epidemiologista. SEMSA Manacapuru.

Published

2002-03-15

How to Cite

1.
Garcia EG, Benzaken AS, Pedrosa VL, Sardinas JCG, Loblein O. The STI control inlandof amazon: manacapuru experience. DST [Internet]. 2002 Mar. 15 [cited 2024 Jul. 12];14(2):22-8. Available from: https://www.bjstd.org/revista/article/view/400

Issue

Section

Original Article